Blog

ATO PENITENCIAL | Adaptação Pelos pecados, erros passados - Willian Damasceno

Views: 8977

Comentários sobre "ATO PENITENCIAL | Adaptação Pelos pecados, erros passados - Willian Damasceno" video:

AutorO crivo para o ato penitencial passa por compreender as três formulas.
A primeira é a confissão geral (confesso a Deus todo poderoso e a vós irmãos...) seguida pela absolvição. Essa opção deve ser rezada e não cantada.
A segunda é um salmo intercalado entre um solista e um coro (tende compaixão de nós Senhor... Por que somos pecadores). Esta fórmula pode ser tanto rezada quando cantada, e é seguida pela absolvição.
É importante ressaltar que o Ato Penitencial Encerra-se SEMPRE com a absolvição, e é seguido pelo Kyrie Eleison, que é um rito de louvor independente, traduzido para o português como "Senhor, tende piedade de nós". É obrigatória a recitação ou canto do Kyrie após essas duas fórmulas, e pode ser feito tanto no texto original quanto na versão em português. Vale lembrar também que não é correto cantar o kyrie como Ato Penitencial, pois ele não o é.
A terceira fórmula contudo, é um hibrido de dois ritos. Nela o Kyrie foi absorvido pelo ato penitencial, e para que isso acontecesse a fórmula ocorre de maneira muito particular. Na primeira e segunda fórmula o texto aponta para o pecado e para a condição de pecador (na primeira de forma individual, na segunda em coro). Na terceira fórmula, o verso é uma louvação a Cristo ou uma proclamação de uma verdade cristológica ("Senhor que viestes salvar os corações arrependidos", "senhor que fazeis passar da morte para a vida..", "Senhor que sois o caminho"), isto porque o Kyrie é um hino cristológico, e para que coubesse de forma híbrida nesta fórmula fez-se necessário esse critério.
Vale lembrar que para além dos 17 exemplos contidos no missal, os compositores católicos podem propor novas invocações tendo sempre essa premissa que cada uma das três invocações devem ser escritas como um louvor ou proclamação de um fato ou verdade a cerca de Cristo.
Autor: Marcos Antonio Fagundes
AutorFicou lindo, mas gostaria de saber sobre esses atos:
1-Senhor tende piedade e perdoai a nossa culpa. Porque nós somos...
2-Senhor tende piedade de nós.(2x) Pelo bem que eu nao fiz, pela paz que eu nao quis, piedade.(2x)

Ah! Se eu mandar mensagem no whatsapp vc me da auxilio com o canto liturgico?
Autor: Marcelo Rodrigues
AutorMuuuito bom 👏👏👏👍
Autor: Ramon Roger
Autor👏👏👏
Autor: Cindy Ferrarezi
AutorTop de linha! Amei! Muitíssimo obrigada
Autor: Efigênia Canto
AutorQue forma clara de abordar um tema complexo, que geralmente equipes de música não entendem e não aceitam!
Muito obrigada!
Autor: maria do carmo lazzarin de souza
AutorProfessor, muito obrigado por compartilhar os seu conhecimentos e nos deixar atualizados. 👏👏👍
Autor: Tarcizio Freitas
AutorACHEIIIIIII!!!!!! O canal que eu precisava. Obg mano, ameiii!
Autor: Hugo Delleon
AutorMaravilhoso 😍
Autor: Tere Ferreira
AutorMuito bem, gostei muito pois estou estudando para servir melhor na minha comunidade
Autor: Jacielio Bernardo
AutorOlá bom dia é gostaria pedei o cântico de ofertorio. A vós senhor, apresentamos estes dons:o pão e o vinho, aleluia. Obrigada
Autor: Lenej Silva
AutorNum concordo com isso não. Por sermos pecadores devemos sim acusar nossos pecados para que sabendo de nossa natureza pecadora, possamos ser perdoados e possamos alegremente louvar no hino de louvor a graça de sermos perdoados dos muitos pecados que cometemos.
Autor: JuPacelli
AutorParabéns por se dedicar a um bem tão grande para a nossa missão.
Autor: Jacielio Bernardo
AutorEstou abismada pela conscidência.Hj recebi esse perdão que é super novo p mim para ser cantado dia 23 desse mês num retiro da pastoral carcerária.Com vc as músicas tornam mais fáceis de aprender e de gostar.Muito obg
Autor: keu Souza
AutorE pra não esquecer, parabéns pela adaptação! Ficou show.
Autor: Marcos Antonio Fagundes
AutorAdoreiiii
Autor: Mara Nila
AutorExcelente
Autor: João Paulo
Autor🔴 Na edição, o refrão da 2ª estrofe saiu errado. O correto é como eu cantei: "Cristo, piedade!.."
Autor: Willian Damasceno
AutorParabéns irmão, que Deus continue lhe dando forças para seguir essa missão maravilhosa!!
Autor: Cristiano Cruz
AutorAchei magnífico!
Autor: Maria Dolores
AutorGostei demais Willian.. gosto tanto dessa melodia.. sensacional!
Autor: Wanderson Sousa
AutorNossa constumo cantar demais esse canto agora eu vou cantar com essas estrofes aí!
Autor: Marcos Vinicius Sousa
AutorQue maravilha
Autor: Maria do Socorro Ferreira
AutorNo ministério que participo, nós fizemos o mesmo com esse canto, usando a fórmula do missal "Senhor que sois a plenitude...". A diferença é que adaptamos colocando a mesma melodia original das estrofes na fórmula. Fizemos o mesmo com o kyrie eleison da ovelha perdida da shalom com a fórmula do "Senhor que vieste procurar quem estava perdido".
Autor: Wendel Leal
Autorposso fazer melodia propria ?
Autor: ITC BRASIl Net Chicao
AutorAmei a dica, Deus te abençoe 🙏🙏🙏
Autor: Eliane Izidio
AutorManda a cifra p mim por favor
Autor: Renata Lima
AutorParabéns Luiz, sempre uso seus vídeos para aprender os cantos com o grupo de música em que participo. Para resolver o problema deste canto antes, combinavamos com o padre para recitar o Confiteor e após a absolvição cantávamos apenas o refrão (fazemos isso tambem vom o Kyrie da ovelha perdida). Essa sua idéia da adaptaçao foi sensacional e adotaremos em breve.
Autor: Givanildo Francisco Martins Martins
AutorMuito fácil essa adaptação. A letra está em que página no missal?
Autor: Valéria Rodrigues
AutorTexto original da música:

Pelos pecados, erros passados
Por divisões na tua Igreja ó Jesus.
Senhor piedade! Senhor piedade!
Senhor piedade, piedade de nós

Quem não te aceita, quem te rejeita
Pode não crer por ver cristãos que vivem mal.
Cristo piedade! Cristo piedade!
Cristo piedade, piedade de nós

Hoje se a vida é tão ferida,
Deve-se a culpa e a indiferença dos cristãos!
Senhor piedade! Senhor piedade!
Senhor piedade, piedade de nós
Autor: Thiago Fernandes

thoughts on “ATO PENITENCIAL | Adaptação Pelos pecados, erros passados - Willian Damasceno

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *